Pesquisar este blog

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Segunda Prova do Torneio BUA








Com a devida Vênia dos Mestres Blogueiros, Joca e Saloma, estou postando a minha primeira história.


Segunda Prova do Torneio BUA


Descemos para o treino livre de sexta feira. Chegando ao Autódromo começaram os problemas. Ainda não tinham resolvido se haveria a prova de Estreantes.
Credenciais?
Nem pensar!
Depois de muita discussão ficou resolvido que haveria a Prova.
O Juca o Alemão e o Erwin, tiveram que entrar nos boxes escondidos. Todas as atenções para os Formula Ford. Lá pelas tantas um cara chega da Arquibancada e grita: "Ô Girão, manda uma credencial pra mim, uma pra mulher do Wilsinho e uma pra namorada do Emerson!"
Foi prontamente atendido, e nós, nem credencial para mecânico.
Terminado o treino da Formula Ford, não liberam a pista para o treino dos carros de turismo, pois estavam rebocando um Formula Ford que tinha pifado na pista.
Amaury Mesquita entra no MINI COOPER e diz que vai treinar de qualquer jeito. O Girão disse que não podia e o Amaury desceu do carro e esculhambou o "seu" Amadeu: " O Girão, você está pensando que Piloto é palhaço? Somos nós que fazemos o espetáculo, se agente parar de vir aquí quero ver você e a Mariana (Secretária do Girão) fazerem corridas de bicicleta. Ou você respeita essa turma que se sacrfica para correr nessa bagunça, ou não vai ter porra de corrida nenhuma!!!"
Todos os Pilotos de Turismo apoiaram o Amaury. Baixinho de culhão roxo.
Depois de liberados os treinos tudo voltou ao "normal".
Possibilidades de algum acerto, zero, mas tudo bem. Treinamos e subimos lá pra nossa terrinha, né Saloma?
Me reuní com o Erwin para ouvir os conselhos sobre marcação de tempo e a corrida. O cara era fantástico. "Pedro amanhã, na marcação de tempo, você faz o tempo pra largar bem, o único fusca que pode andar com o nosso é o do Botelho, o MINI vai sumir na frente mesmo. Quando eu te sinalizar é porque você já está no teu melhor tempo, que deve ser 1.54" e quebrados. Daí em diante você inventa, e tenta criar uma alternativa mais rápida, não esquece de fazer o "relevê" da Norte por cima umas três vezes para eu cronometar, pode ser uma opção."
Fazer por cima do "relevê" era foda, você passava na beirinha do asfalto, não via nada do seu lado direito, dava aimpressão que alí era um abismo, uma escapadinha e já era. Um cara, com um PUMA, deu uma porrada na lateral trazeira da ALFA P33 do "Moco" na entrada daquela curva e depois saiu reto demolindo o PUMA.
Cara, dava uma saudade de casa!!!!!! rs.
Bem, no sábado saímos pra marcar tempo, dei umas 2 voltas de vagar, vendo se não tinha óleo ou areia em nenhum ponto e fui pra hora da verdade na terceira volta o Erwin sinalizou 1.54" alto e o sinal de OK, na quarta passei por cima, na norte na quinta novamente, e parei. Ele me recebeu com aquele sorriso e me disse:
"Você tirou o pé no "relevê", virou 1,54" cravado,se não, tinha virado 53' e quebrados. Cagão, rs."
Argumentei que era muito arriscado e que só voltaria a fazer numa nescessidade.
Bom, no domingo, eu estava novamente em terceiro no Grid, com o MINI e o FUSCA do Botelho numeral #6 na minha frente.
Dada a largada procurei fazer a Sul bem rápido e tirar a pequena diferença que o Botelho tinha aberto no Retão. Saí da Sul embutido nele, tentei botar por dentro na Entrada do Miolo, na ferradura, no S e não consegui, ele abriu um pouquinho até a Norte, colei nele na freada,saí da Norte colado, e ele abriu um pouquinho de novo no Retão, novamente tentei de tudo no miolo e repetiu-se a história da volta anterior, em vista disso pensei: Assim vou acabar me matando. Pelo menos por enquanto vou aliviar."
Dei uma maneirada e ele percebendo também deu, pois não tinhamos como chegar no MINI.
Quando passei em frente aos Boxes, o Josil (Josil José Garcia, Preparador e Piloto, radicado em Sampa, grande cara) quase entrou na pista sinalizando pra que eu apertasse o cara. Fiz sinal que sim, mas continuei leve. Cada vez que passava em frente aos Boxes o Josil quase pulava dentro do carro, puto comigo. rs
Quando sinalizaram que era a última volta, eu pensei "ou dá ou desce", é agora.
O Botelho estava tranquilo, com o segundo lugar na mão, fiz a Sul pendurado, de quarta, depois de um leve toque no "pedal do meio", segurando na ponta dos dedos, e puxei pra dentro na saida. Na Entrada do Miolo quando ele me procurou no retrovisor já era, freei do lado dele, por dentro,espetei a terceira ele tomou um susto, quiz forçar por fora, deu uma escapada, com isso abri um pouquinho, meu carro era melhor de curva, e abri mais um pouquinho na Ferradura, mais um pouquinho no S, e depois do S na curva suave para a esquerda passei a quarta, uma quarta mais curta, idéia do Juca e do Erwin, o FUsca deu um pulo e eu abri mais um pouquinho. Quando freei na entrada da Norte o Botelho já vinha por dentro pra frear do meu lado, aí usei os conselhos do Erwin e mandei a bota, fazendo por cima do "relevê", o Botelho ficou sem referencia de tomada, deu uma outra escapada e eu cruzei na frente dele.
Um gentleman, emparalhou comigo no retão, me aplaudiu, fez sinal para darmos juntos a volta, no que aceitei, claro, e fizemos a volta juntos, os bandeirinhas agitando as bandeiras, e o público vibrando e nos aplaudindo.
Emocionante.
Paramos nos boxes, a turma enlouquecida de alegria, o Botelho me deu um abraço, disse que se distraiu e dançou.
Abraços, congratulaçõe, mas sem pódium, a Federação Carioca de Automobilismo, leia-se Girão/Mariana não haviam levado as Taças para os Estreantes.
Me devem até hoje um Trofeu de 2º lugar.

23 comentários:

F250GTO disse...

Que delicia de causo, Baleiro.
Taí, temos mais um contador de histórias na área.
Mais um blog de automobilismo pra adicionar aos favoritos.
Mais um local para nos divertir e relembrar os bons momentos da época do Fuscas, das corridas de estreantes e novatos, do autódromo carioca (snif, snif), de Petrópolis, dos tempos que eramos felizes...e sabiamos.
E mais um lugar onde vão se encontrar os fanaticos por gasolina, graxa, borracha, os pilotos, os ex-pilotos, os futuros pilotos e outros mentirosos.
Valeu Baleiro, vida longa ao Baixando a Bota!
Romeu

A.V.Bastos disse...

Parabens pela iniciativa, pé em baixo.
Abs.
Bastos

Mestre Joca disse...

Parabéns, grande iniciativa baleiro.

Já era tempo de vc ter um lugar só seu para contar suas histórias e dar o testemunho pessoal de quem viveu bem esta época.
A começar por esta: o Torneio BUA de F-Ford foi a primeira temporada internacional que tivemos desde 1960 quando no RJ correu o Juan manuel Fangio no circuito do Alto da Boa Vista. Patrocinado pela TV Globo e a BUA, empresa de transportes áereo inglesa, teve sob condição a realização de duas provas no RJ, uma em SP, uma em Curitiba e outra em Fortaleza.

Abs

Antonio Seabra disse...

Pedrão,

Parabéns pela iniciativa, com os siceros votos de sucesso. E é mais um blog de automobilismo, pra gente se expressar.
Excelente texto, parece que eu estou te ouvindo falar. É a tua verve, tipica, de sempre.
Queria saber do Botelho, vou ver se descubro por onde ele anda.

Só faltou uma "neutralizada", em algum momento, rs,rs,rs

Abraço

Antonio

flavio disse...

BALEIRO

Se não me engano estávamos lá nesse dia inesquecível, fomos "Nilin Tripé" e eu com o Beto "Capoeira" no fusca branco, lembra?

Agora, conta para quem não sabe a história do "pneu furado".

Beijos

Flavio

Anônimo disse...

valeu seu comentario e este novo espaco
tenho certeza que trocaremos muita figurinha pois vivi o rio motor de 1976 ate 1992
quando fiz 35 anos decidi dar um tempo ate os 50 pro automobilismo
estou com 52 uma meia duzia de ferramentas pra rodar e com vontade de retornar pro lazer
com certeza devo sair no regularidade em sp em 2010
e o lordeiro,vc o encontrou
sucesso com o espaco
jc sete lagoas

regi nat rock disse...

Eita ..
Cada vez acordando 15 minutos mais cedopra dar tempo de conferir histórias e quejandos.
Creia, vale a pena.
Ouvir de primeira mão, é muito melhor.
Saúde, sucesso.

Pedro Henrique "Baleiro" disse...

Meus amigos, obrigado pelos comentários e pelas ajudas, desculpem alguma falha, como por exemplo o "puntata-taco no site, quem souber como corrigir me avise por favor.
Um grande abraço a todos e sejam bem vindos.

Duriez disse...

Olá Pedro,
Satisfação em conhecer seu blog.
Sucesso, boa sorte!
Abração

Gilberto Hingel disse...

Pedro, grande iniciativa contar essas e muitas outras histórias em seu próprio blog. Sucesso e diversão! Abs, Gilberto Hingel

Anônimo disse...

Balero

beleza de idéia. Vale todo sucesso. Temos estorias pra contar heim?
Abraços
Mario (Marieta TA)

Carlos Eduardo Albernaz Andrade disse...

Balero. estas historiais são para a prosperidade, para ser contada e ilustrada. Parabens . Miudo

M disse...

Boa, Pedro !
Mas não pare ! Conta mais !
abs,

Anônimo disse...

Puntata taco está perfeito. Puntata quer dizer encontro marcado!
E isso nos já temos aqui no teu novo blog!
Parabéns Pedrão!
Queremos novidades todos os dias...
Abração e boa sporte.
Hugo

Pedro Henrique "Baleiro" disse...

Novamente quero agrdecer à participação dos amigos e responder a alguns questionamentos.
Algumas histórias já contei nos Blogs dos amigos Joca e Saloma, como por exemplo a "neutralizada" citada pelo Toni Seabra e o "Pneu Furado", citada pelo Flávio "Jéssica", rs.
José Carlos, tive o prazer de bater um bom papo com o nosso irmão Adilson Lordeiro, onde matamos as saudades e relembramos os bons tempos, inclusive de seu tio "Niquinho" Lordeiro, que foi mecanico e piloto, "Volante" rs, na época dos Ford, Chevrolet, Citroen e etc.
Hugo, eu não sabia do "puntata", foi erro mesmo.
Abraço a todos, e sjam bem vindos.

simplesmente vid@@@@@@ disse...

Pedrão, me aceita me ái cara. Demoro. Rrsrsrsrs. Me liga que não estou conseguindo falar com vc.
Abçs. Pepé.

marcelo disse...

Muito legal a sua iniciativa,apesar de ter te conhecido ha pouco tempo, estou virando um adimirador seu, Petrópolis esta precisando de pessoas como vc para juntos podermos realizar o sonho de todos que são apaixonados por automobilismo de quem sabe um dia termos um autódromo em nossa cidade. Abraços

Marcelo Santos
Equipe Red bull racing/ Medley Amattheis

CASAS EM CABO FRIO - VENDA E ALUGUEL disse...

OLÁ PEDRÃO;
DEMOREI MAS CHEGUEI, APESAR DE QUE LÍ NO PRIMEIRO DIA.
FICOU LIIIINDO O "OPALÃO" (STOCK DA ÉPOCA) DE ENTRADA DO BLOG; EU ME LEMBRO BEM DESTE "ALEIJADINHO" - KKKKK- LEMBRA-SE POR QUÊ, NÃO?
POIS É, PARABÉNS POR TUDO: PELO GRAFISMO, PELA IDÉIA, PELA FÔRÇA DE VONTADE,POR LEVAR O AUTOMOBILISMO PETROPOLITANO AONDE QUEM DEVIA - JORNAIS E JORNALISTAS ESPECIALISADOS - NÃO LEVAM: AO GRANDE PÚBLICO.
OS CASOS ESTÃO GOSTOSOS E AOS POUCOS APARECEM NOMES QUE ESTAMOS DISTANTES, MAS QUE JÁ NOS ESBARRAMOS PELAS PISTAS DA VIDA; AINDA QUE SEJA DA "BARÃO" NOS PEGAS - FALA DISSO AÍ- OU DAS SUBIDAS DE MONTANHA; SEJA AINDA DA DESCIDA DE TROLINHO NA SERRA DE TEREZÓPOLIS ETC. VAI DAR IBOPE; FÔRÇA E BOLA PRÁ FRENTE. VOU DISTRIBUIR O ENDEREÇO AOS DE MINHA CX DE ENDEREÇOS. BJO, "C H U C A"

Jose Claudio disse...

Pedrao,
Temos muito a conversar e quem sabe contribuir para suas historias.
Bela iniciativa,
abracos
Zé Claudio

Pedro Henrique "Baleiro" disse...

Zé Claudio, estou aguardando teu contato. pedrohocarvalho@gmail.com
Um abração amigo.

Claudio Ceregatti disse...

Demorei, mas apareci, meu camarada. Soube lá no Blog do Mestre Joca, e só agora consigo me sentar e tirar o atraso...
Que dizer de voce e de suas histórias?
Só pedir mais, muito mais sempre.
E não deixar de voltar a Interlagos nunca, independente de caixinha de remédios, de falta de tempo ou de grana.
Pois tá claro que teu tesão é o mesmo desde sempre.
Fica portanto o Senhor CONVOCADO a comparecer em todas as provas do paulista em 2010.
E vai se preparando aí, junto do Hogo e do Seabra: a primeira é no fim de semana de 21 de fevereiro.
VENHA! Não quero nem saber, e desta vez desfrutar mais do prazer da companhia dos amigos do Rio.
Grande abraço e parabéns pois...
Uma testa de Blog que tem um Opala igualzinho ao que estreei só pode ser tudo de bom...

Pedro Henrique "Baleiro" disse...

Ceregatti, conheci um grupo de pessoas sensacionais na minha ida ao Templo, você com certeza, é uma dessas pessoas. Revi antigos companheiros, como Luizinho, Arthur Bragantini, Chiquinho Lameirão e Fabinho Souto Maior. Procurei muito o Jan Balder, mas ele não estava lá. Repito sempre que foi só alegria e sempre que tiver oportunidade voltarei. Gostaria de levar uma turma grande comigo, mas...
De qualquer modo vou tentar montar um grupo.
Um forte abraço.

kiddo disse...

Hahahahah - me diverti com a história, Baleiro... Sabe que o Juca Pasta Rosa, irmão mais velho do Piriquito, fazendo aquele releve por cima já saiu da pista e esbagaçou um Puma branco nas pedras que ficavam na saída, né ? Ele vinha tentando pegar um fusca prata de Niterói, que andava muito.

Legal o blog.

Abração do Ruivo